Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Acordos de cooperação permitem que mais nove municípios emitam o documento
Banner Ministério da Economia
Início do conteúdo da página
CARTEIRA DE TRABALHO

Acordos de cooperação permitem que mais nove municípios emitam o documento

Cidades estão localizadas nos estados do Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, São Paulo e Rio Grande do Sul

  • Publicado: Sexta, 22 de Dezembro de 2017, 18h57
  • Última atualização em Sexta, 22 de Dezembro de 2017, 18h57
  • Acessos: 749

 

Nove municípios de Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, São Paulo e Rio Grande do Sul passarão a contar com serviço de emissão de carteira de trabalho. A medida deve ajudar 26.200 trabalhadores que antes precisavam se deslocar para cidades vizinhas às suas de modo a obter o documento. Os acordos de cooperação que possibilitarão esse serviço foram assinados nesta semana com as prefeituras. A expectativa é de que em 15 dias sejam iniciados os atendimentos.

Os municípios beneficiados são Tuntum (MA), Iguatemi (MS), Carmo do Rio Pardo, Santa Rosa da Serras e Setubinha (MG), Joaquim Nabuco (PE), Canitar e Irapuru (SP), Alto Feliz (RS).

O superintendente regional do Trabalho de Minas Gerais, João Carlos Gontijo de Amorim, explica que o objetivo desses acordos de cooperação é facilitar o acesso dos trabalhadores aos documentos e melhorar o atendimento. “A medida vai beneficiar os trabalhadores de todas essas regiões, não apenas dos municípios que contarão com o novo serviço”, avalia.

Para solicitar a primeira via da carteira de trabalho são necessários os seguintes documentos: CPF; comprovante de residência; carteira de identidade e certidão de nascimento ou casamento.

Quem já fez o documento e precisa da segunda via deve ter em mãos a carteira anterior ou boletim de ocorrência (em caso de furto, perda ou roubo), um documento que comprove o número e a série da carteira anterior (pode ser o Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, o Requerimento de Seguro Desemprego, o extrato do FGTS ou o espelho do PIS ativo na Caixa), CPF, comprovante de residência, carteira de identidade e certidão de nascimento ou casamento.

A foto é feita na hora. Todos os documentos devem ser originais ou cópias legíveis autenticadas em cartório.

 

Ministério do Trabalho
Assessoria de Imprensa
Fabrício Castro
imprensa@mte.gov.br
(61) 2021-5449

registrado em:
Fim do conteúdo da página