Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
BAHIA

Interiorização da Aprendizagem Profissional é tema de debate na SRT-BA

Representantes de instituições parceiras discutiram a implantação do projeto Cidadão Aprendiz no município de Vitória da Conquista 

  • Publicado: Terça, 15 de Maio de 2018, 18h02
  • Última atualização em Terça, 15 de Maio de 2018, 18h02
  • Acessos: 173

A superintendente regional do Trabalho da Bahia, Gerta Schultz, recebeu nesta segunda-feira (14) em seu gabinete representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT/BA), do Tribunal Regional do Trabalho (TRT/5), da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Amatra/5) e do Instituto Federal da Bahia (Ifba) com o objetivo de debater ações e projetos para a interiorização da Aprendizagem Profissional na Bahia. 

Segundo Gerta Schultz, a reunião foi de fundamental importância pelo fato de ter contado com a participação de representantes de órgãos que já são parceiros na promoção de projetos voltados para a Aprendizagem em Salvador e que, neste momento, estão unindo forças para levar essas iniciativas à  juventude do interior da Bahia. "A ideia é valorizar as ações institucionais existentes e criar estratégias conjuntas com um olhar especial para a interiorização das boas práticas". 

Na reunião de segunda-feira foram debatidos os termos do Acordo de Cooperação Técnica para a implantação do projeto Cidadão Aprendiz no município de Vitória da Conquista. Implantado pela primeira vez em 2014, em Salvador, o projeto tem o objetivo de oportunizar a primeira experiência profissional e a reintegração social aos adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade socioeconômica que cumprem medidas socioeducativa em regime meio aberto e em semiliberdade. 

O projeto tem previsão de início em 20 de junho, quando será assinado o Termo de Cooperação entre os órgãos participantes. Nessa primeira edição, os jovens terão aulas nos cursos de Help Desk e Serviços Administrativos. Com duração de dois anos, os cursos terão dois módulos: um módulo teórico, que abordará questões comportamentais relacionadas ao ingresso no mercado de trabalho, com duração de 600 horas-aula ministradas pelo Ifba, e um módulo prático, de 1.240 horas, desenvolvido com a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista e secretarias. 

Estiveram presentes ao encontro na SRT-BA o procurador-chefe do MPT/BA, Luís Carneiro, e a procuradora do Trabalho Verena Borges; as juízas do Trabalho Dorotéia Silva de Azevedo Mota e Gerúzia Amorim; a presidente da Amatra, Angélica Ferreira; o chefe da Inspeção do Trabalho na Bahia, José Honorino de Macedo; a coordenadora e a subcoordenadora de Fiscalização da Aprendizagem na Bahia, Taís Arruti e Marli Costa;  e, pelo Ifba, o chefe do Departamento de Relações Empresarias, Marco Antônio Tavares Goes, e Renata Martorelli. 

A superintendente Gerta Schultz enfatizou: "Agradeço a parceria dos órgãos que estão conosco nesta iniciativa de levar para o interior do nosso estado a oportunidade de profissionalização para a juventude. Projetos com esse escopo só são possíveis com essas valiosas parcerias, pois são muitas atividades e responsabilidades envolvidas, que competem a todos os órgãos". 

 

Ministério do Trabalho
Assessoria de Imprensa
imprensa@mte.gov.br
(61) 2021-5914

registrado em:
Fim do conteúdo da página